Quinta-feira, 16 de Novembro de 2006

PÉ PLANO NAS CRIANÇAS

Pezinhos Chatos

95% das crianças com pé plano valgo têm o problema resolvido espontaneamente, sem a utilização de qualquer recurso. Entenda o assunto!

Por Ricardo Carvalho



É comum ouvir ortopedistas dizerem que crianças são vítimas de um problema chamado, vulgarmente, de pé chato.

Mas, afinal, o que é isso?

 

Cientificamente falando, o pé plano valgo é a diminuição ou ausência dos arcos plantares - aquela parte interna do pé onde se tem uma curva.

Entretanto, até os três anos de idade é normal e comum as crianças não apresentarem tal forma, pois a curvatura só aparece depois que os pés são exercitados, ou seja, após a criança começar a andar.

Os bébés nascem com gorduras na região da curvatura plantar e demoram a conquistar a maturação e forma ideal dos ossos.

Os pais devem ficar despreocupados com a ausência da curva.

Só devem ficar atentos após o terceiro ano de idade, quando se estima que a crinça deva começar a apresentar a curvatura.

Dados apontam que 95% das crianças apresentam pé plano valgo fisiológico, quando o problema é corrigido espontaneamente com o crescimento da criança. Os 5% restantes podem ter alguma alteração patológica. Os principais sintomas são dores no pé, o que geralmente não é notificado pela criança. A conhecida correção por meio de palmilhas é indicada aos pequenos que sentem algum desconforto ao andar, uma forma de consertar biomecanicamente a pisada do menor. É aconselhável que a criança seja estimulada a andar descalça na areia ou na relva nos primeiros passos para desenvolver melhor a curvatura plantar.
Já as crianças que apresentam rigidez ou malformação dos ossos do pé não conseguem corrigir o problema com estes artifícios.

Em casos mais complexos utiliza-se a intervenção cirúrgica como recurso.

O ortopedista deve ser procurado pelos pais caso a criança apresente algum tipo de dor intensa e constante. Caso contrário, não há motivos para a preocupação, segundo profissionais da área médica.

 

Exercícios e atividades físicas podem ser feitos normalmente sem qualquer restrição. A criança terá um desenvolvimento normal no que ser refere ao corpo e desempenho de funções em relação aos demais.

Sobre o pé plano valgo
Como identificar:

  • se a criança após os três anos de idade não apresenta a curvatura da região inferior dos pés.
  • se o pequeno reclamar de dor nos pés - o que é raro - após algumas brincadeiras, como corridas e pula-pula e até mesmo, ao andar.

    Como tratar:

  • é comum quando a criança começa a andar muitos casos melhoram espontaneamente.
  • se preciso, procurar um Ortopedista e/ou Podologista para diagnosticar o grau e variação do problema. É comum utilizar palmilhas e somente em casos extremos a realização de uma operação.

     

    Atividades físicas

  • a criança pode e deve ter uma vida comum. Brincadeiras e atividades físicas podem ser feitas sem restrições.
  •  

     

    publicado por podoric às 12:36
    link do post | comentar | favorito
    |

    .Ricardo Carvalho

    .pesquisar

     

    .Publicações

    . A OSTEOPOROSE

    . A GOTA

    . DIABETES AUMENTA EM PORTU...

    . DESVIOS POSTURAIS DE MEMB...

    . PÉ PLANO NAS CRIANÇAS

    . A PODOLOGIA

    . ONICOMICOSE

    . UNHAS

    . O TENDÃO DE AQUILES

    . CUIDAR DO PÉ DIABÉTICO

    . CUIDAR OS PES

    .Links

    blogs SAPO

    .subscrever feeds