Quarta-feira, 8 de Novembro de 2006

A PODOLOGIA

 

Os pés, como estrutura anatómica de suporte e deslocação do ser humano, vêm sendo a sede de alterações de vária ordem motivados por factores que a vida moderna provoca:
- O calçado criado para os proteger, na maioria das vezes, é um meio de agressão.
- A actividade física e os desportos praticados sem adaptação pés/calçado/pavimentos são fonte de patologias novas que abrangem as unhas e restantes estruturas.
- O sedentarismo, os desequilíbrios alimentares, vêm provocando as chamadas ditas doenças do mundo desenvolvido
– diabetes, hiperuricemia (Gota), hipercolesterolemia, que se repercutem por vezes dramaticamente nas extremidades inferiores exigindo tratamento especial e específico. Em concreto, 60% dos doentes com Gota, têm manifestações clínicas a nível do pé.
- O aumento da média etária desencadeia novas patologias e desafios.
- As patologias reumáticas e vasculares desencadeiam repercussões periféricas, exigindo resposta eficaz e eficiente na área de abordagem do pé.
- As alterações da marcha, os desequilíbrios do aparelho locomotor vão exigindo técnicas e técnicos específicos para um completo diagnóstico e correcção.
- As alterações dermatológicas, neurológicas de vária natureza exigem cuidados especiais.
Tais exigências, na actualidade, não se compadecem, nem se podem compadecer com empirismo ou abordagens superficiais de assuntos tão sérios e cuja repercussão na saúde pública, na vida das pessoas e no bem estar a que têm direito, é por demais evidente.
Por isso, o pé passou a ser objecto de análise, investigação, diagnóstico e terapêuticas específicas das várias patologias que o afectam, o que motivou o aparecimento de uma área nova das ciências médicas, designada por PODOLOGIA.
Instruída e praticada em quase todo o mundo, nomeadamente desde o princípio do século nos Estados Unidos da América, e na Europa a partir do anos 30, é natural que também em Portugal tal ciência desencadeasse o interesse merecido.
A PODOLOGIA como ciência, e o Podologista ou Podiatra como profissional especializado na investigação, prevenção, diagnóstico e tratamento das afecções e deformidades dos pés, têm como âmbito de intervenção a responsabilidade profissional de tratar as alterações das extremidades inferiores, nomeadamente o pé, utilizando os métodos científicos mais actuais e o equipamento mais sofisticado.
publicado por podoric às 17:31
link do post | comentar | favorito
|

.Ricardo Carvalho

.pesquisar

 

.Publicações

. A OSTEOPOROSE

. A GOTA

. DIABETES AUMENTA EM PORTU...

. DESVIOS POSTURAIS DE MEMB...

. PÉ PLANO NAS CRIANÇAS

. A PODOLOGIA

. ONICOMICOSE

. UNHAS

. O TENDÃO DE AQUILES

. CUIDAR DO PÉ DIABÉTICO

. CUIDAR OS PES

.Links

blogs SAPO

.subscrever feeds